Untitled Document
23 contam 28
Por: R$ 10,00
Comprar »

Dados do produto:

ACADEMIA GRANBERYENSE DE LETRAS, ARTES E CIÊNCIA

A AGLAC foi idealizada por Walter Harvey Moore em 1925. Para concretizar seu projeto, Moore indicou uma comissão de professores de reconhecida capacidade intelectual: Irineu Guimarães, Alípio Gonzaga de Barros e João Massena. Essa comissão, apesar de indiscutível capacidade de seus membros, não conseguiu produzir resultados práticos. A última reunião da comissão data de 1935, conforme dados apurados no O Granberyense, A idéia adormeceu.
Há fortes evidências para se inferir que o idealizador da Academia pretendia com sua criação, dar ao corpo docente e aos funcionários do Granbery um ambiente propicio ao debate de idéias e ao aprimoramento do conhecimento, a semelhança do espaço que os alunos já desfrutavam nos grêmios literários. Essa assertiva decorre principalmente da própria natureza da Academia, em que os acadêmicos se vinculam de uma forma duradora, condição não aplicável aos alunos.
Em 1985, 50 anos depois, durante as comemorações da Semana Granberyense, um grupo de ex-alunos resolveu realizar o ideal de Mr. Moore. Em ação entusiástica, realizaram a reunião de fundação da AGLAC e delinearam os princípios de funcionamento da agremiação. No mesmo ato, identificaram patronos e, como fundadores, assumiram as cadeiras segundo as preferências de cada um.
Desde então, a AGLAC adota, como divisa, a expressão Lecturis Salutem, que era aposta no preâmbulo do livro confeccionado pelos antigos copistas e que significa: dedicados leitores, nós os saudamos.
Atualmente a AGLAC se reúne em sessões de trabalho restritas aos acadêmicos, e em sessões solenes, abertas a toda comunidade.

Produtos relacionados